Governo do Rio de Janeiro Fundação Saúde Botão Menu

Lacen passa a diagnosticar a meningite meningocócica em uma hora. Antes, exame era feito em dois dias

08/11/2022

A meningite meningocócica, forma mais grave da doença, é uma de um total de 14 tipos de agentes causadores da doença e encefalites – inflamação do cérebro – que o Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro Noel Nutels (Lacen) está apto a diagnosticar em apenas uma hora. A compra do novo equipamento de alta tecnologia: Filmarray Biofire Painel Meningite/Encefalite, pela Fundação Saúde este mês, permite à unidade ligada à Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizar o exame e também da influenza, pneumonia e herpes, no mesmo período. Antes, o Lacen só conseguia processar três agentes por vez, com tempo de liberação de até 48h.

O novo equipamento extrai e purifica todos os ácidos nucleicos da amostra do líquido retirado da coluna espinhal. Em seguida, realiza a técnica Multiplex PCR, em que um fragmento específico da molécula de DNA é amplificado milhares de vezes em curto espaço de tempo. As amostras são analisadas em uma cabine de segurança biológica, excluindo o risco de contaminação da amostra e do profissional que executa o teste. Ao final, o equipamento analisa e libera um relatório com os resultados da amostra e informa a presença ou ausência de cada organismo capaz de causar as doenças.

- Nos dois últimos anos, o Lacen vem modernizando seu laboratório com a aquisição de equipamentos que permitem a realização de exames para identificar doenças, como dengue, zika e chikungunya, leishmaniose e o mapeamento genômico integral do coronavírus. Agora, o Noel Nutels está equipado para identificar os agentes causadores de meningite e encefalites presentes em bactérias, vírus e fungos, além de outras doenças em apenas 60 minutos – destaca o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Outro benefício da nova tecnologia, de acordo com a diretora do Lacen, é permitir ao paciente um tratamento mais adequado, com aplicação de medicamentos mais assertivos e a redução de permanência em leitos hospitalares.

- É um grande avanço para a saúde pública. O novo equipamento possibilita a identificação de doenças em um tempo menor, o uso racional de antibióticos pelo paciente, bem como contribui para redução das internações hospitalares e mortes relacionadas à meningite – ressalta Andréa Cony Cavalcanti, diretora geral do LACEN-RJ.

Em apenas um exame o Filmarray Biofire Painel Meningite/Encefalite realiza o exame de meningite meningocócica, bacteriana, viral, influenza, pneumonia, herpes, varicela, infecções, entre outros agravos.

Novo equipamento de alta tecnologia Filmarray Biofire Painel Meningite/Encefalite foi adquirido pela Fundação Saúde

©2018 Fundação Saúde - Secretaria de Estado de Saúde
Av. Padre Leonel Franca, 248, 1º andar, Gávea - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22451-000, Telefone: (21) 2334-5010
Horário de atendimento: Sede - 8h às 17h / Recursos Humanos - 8h às 15h