Governo do Rio de Janeiro Fundação Saúde Botão Menu

IEDE retoma atendimento eletivo com diminuição de casos de coronavírus no estado

24/08/2020

A unidade é referência no atendimento ambulatorial e cirurgico da patologias endocrinas e volta realizar procedimentos eletivos com 75% da agenda

O Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione (IEDE), localizado no Centro do Rio de Janeiro e referência no tratamento de pacientes com obesidade, transtornos alimentares, diabetes e disforia de gênero, voltou a atender, no início de agosto, 75% da agenda de procedimentos cirúrgicos e ambulatoriais. Em março, a unidade suspendeu os procedimentos eletivos, mantendo o atendimento de pacientes com doenças que precisam de acompanhamento ininterrupto, como diabetes mellitus, hipertiroidismo e câncer de tiroide e cirurgias de emergência.

Dentre os acompanhamentos realizados pela unidade estão os ambulatórios de obesidade e transtornos alimentares, tireoide, hipofise-adrenal, disforia de gênero/endocrinofeminina/andrologia, endocrinologia pediatrica, diabetes, unidade do pé diabético, cardiologia, cirurgia vascular, cirurgia geral, fonoaudiologia, psicologia, psiquiatria, entre outros. Além dos acompanhamentos ambulatoriais, o Instituto também é responsável pela realização de cirurgias relacionadas a disfunção endocrinológica, como tiroidectomias, cirugias de paratiróide e vascular.

‘’Todas as medidas para proteção dos pacientes e funcionários estão sendo tomadas. Logo no primeiro contato do paciente com a unidade, é realizada uma triagem por um profissional de enfermagem. Caso haja suspeita de contaminação pelo coronavírus, ele é encaminhado para atendimento em uma área específica, evitando a circulação pelo Instituto’’, explicou a diretora técnica da unidade, Karen de Marca.

Além disso, medidas como sinalização de distanciamento em pisos e assentos em todos os ambientes foram adotadas.
‘’Durante a pandemia, foram realizadas diversas capacitações para orientar os funcionários nos cuidados do uso de EPIs, higiene das mãos e demais medidas’’, pontua Karen.

Para ser atendido pela unidade, o usuário deve ser referenciado pelo Sistema de Regulação (SISREG) e Sistema Estadual de Regulação (SER). Para isto, basta se dirigir a uma unidade básica de saúde mais próxima da residência.

©2018 Fundação Saúde - Secretaria de Estado de Saúde
Av. Padre Leonel Franca, 248, 1º andar, Gávea - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22451-000, Telefone: (21) 2334-5010
Horário de atendimento: Sede - 8h às 17h / Recursos Humanos - 8h às 15h