Governo do Rio de Janeiro Fundação Saúde Botão Menu

Governo do Rio dá início à distribuição de repelentes no Sambódromo

09/02/2024

O Governo do Estado lança na noite desta sexta-feira a campanha “Contra a Dengue Todo Dia” na Marquês de Sapucaí. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) aproveita o Carnaval do Sambódromo – palco do maior espetáculo da Terra – para alertar o público para a importância do combate ao mosquito transmissor da dengue. A ideia é proteger e conscientizar o público nas arquibancadas e em casa, levando a mensagem do “10 minutos que salvam vidas”.

Equipes uniformizadas estarão nas entradas do Sambódromo com recipientes do tipo usado para álcool gel em locais de grande movimentação, oferecendo a aplicação de repelente contra o mosquito aedes aegypti. Um vídeo de alerta contra a doença será exibido em nove telões da Avenida. O lema da campanha é “Governo do Rio contra a dengue todo o dia”, e destaca ações de atendimento à população e apoio aos municípios na prevenção. Na abertura de cada dia de desfile, um cortejo vai exibir a faixa com o slogan da ação.

“É hora de todo o mundo fazer a sua parte. O Governo do Estado está usando tecnologia para monitorar os casos e, ao mesmo tempo, está qualificando os profissionais de saúde para o atendimento à população. A Secretaria também está apoiando os 92 municípios do estado. Compramos equipamentos e insumos, que estão sendo distribuídos aos municípios com maior incidência de casos, reforçamos a rede de atendimento e capacitamos nossos profissionais”, explicou a secretária de Estado de Saúde, Claudia Mello.

A secretária faz um alerta: é importante que toda a população se engaje na luta para eliminar os focos do mosquito, pois 80% deles estão dentro de casa. O estado apresenta tendência de alta na transmissão, com circulação acima do esperado para a época.

“Precisamos falar de dengue todos os dias, combater o mosquito sempre, mas para a população bastam dez minutos semanais, pois esse é o período que o Aedes aegypti precisa para passar de ovo a mosquito adulto. Com verificação e eliminação dos criadouros uma vez por semana, podemos evitar o nascimento de novos mosquitos”, explica a secretária.

Boletim da Dengue

Até o dia 08 de fevereiro, foram registrados 31.133 casos prováveis de dengue em todo o estado. A SES-RJ recebeu três notificações de óbitos dos municípios: um do Rio de Janeiro, um de Mangaratiba e um em Itatiaia. Em 2023, houve 51.494 casos e 30 óbitos confirmados.

Programa Governo do Rio contra a Dengue Todo Dia!

O Governo do Estado do Rio comprou equipamentos e insumos que estão sendo distribuídos aos municípios com maior incidência de casos, para a montagem de até 80 salas de hidratação, que terão capacidade para atender, ao todo, até 8 mil pacientes por dia. O investimento é de R$ 3,7 milhões.

Além disso, a Secretaria de Estado de Saúde está treinando 2.000 médicos de emergências e profissionais de saúde dos 92 municípios para garantir o diagnóstico mais preciso e o tratamento correto, como também a capacitação no atendimento às gestantes infectadas. Além disso, 160 leitos de nove hospitais de referência do estado poderão ser convertidos, inicialmente, para tratamento da dengue, como foi feito na Covid-19.

©2018 Fundação Saúde - Secretaria de Estado de Saúde
R. Barão de Itapagipe, 225, Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ - 20261-005
Horário de atendimento: Sede - 8h às 17h Telefone: (21) 2334-5010 / Recursos Humanos - 8h às 15h